Web balada mix

Festa "sem João" evangélica adapta a junina com música gospel e "crentão" sem álcool

sexta-feira, 23 de junho de 2017


Santo Antonio, São João e São Pedro. As festas juninas estão entre as celebrações mais populares do país, mas contêm o elemento religioso, do catolicismo, que costumava afastar evangélicos das comemorações.
Há ainda elementos de festa pagã --os cultos solares, que já aconteciam na Antiguidade nos dias de solstício de verão no hemisfério Norte-- e sincretismos religiosos --é o início do ano agrícola para os indígenas brasileiros, que cultivavam o milho, um dos principais integrantes da mesa junina-- abominados pelas igrejas evangélicas.
O fim dessa resistência, no entanto, foi ensaiado e já é praticado em comunidades evangélicas do Nordeste ao Sul, sem no entanto elementos que remetam ao que os adeptos desaprovam.
As fogueiras, por exemplo, nem sempre são acesas. Os santos não existem (a Festa de São João virou a de "Sem João, com Cristo") e as bebidas não incluem álcool. O quentão (cachaça fervida com gengibre) virou o "crentão" (algum suco fervido com gengibre). Há até o vinho crente, feito com suco de uva.
Instagram
Barraca oferece crentão e vinho crente
"O crentão é um que

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. Blog do Alisson Lima.
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.
Creative Commons License