Web balada mix

Cidade de MG teme 'nova Mariana' em obra de barragem de mineração

domingo, 15 de maio de 2016

Fonte- Folha Uol Noticias  A ampliação da terceira maior barragem de mineração de Minas Gerais gerou um conflito entre a Prefeitura de Tapira, cidade de 4.500 habitantes no Triângulo Mineiro, e a mineradora Vale.   A prefeitura acusa a empresa de burlar as regras de licenciamento ambiental para realizar obras no complexo, que tem quatro vezes o volume da barragem de Fundão, que se rompeu em Mariana. A tragédia causou a morte de 19 pessoas e deixou um rastro de destruição.  Em Tapira, existe o temor de ruptura de uma das barragens em obras. A cidade prepara questionamento ao Ministério Público pedindo reforço na fiscalização e, em caso de risco comprovado, a paralisação da construção.
Os questionamentos da prefeitura iniciaram quando a companhia alegou risco de ruptura para obter licença para obras emergenciais em outra barragem do complexo, que já estão concluídas.
"O excesso de água e rejeito nos períodos chuvosos potencializa o risco de ruptura da barragem, bem como multiplica o potencial de dano em caso de acidente", escreveu a mineradora no pedido.
O complexo de Tapira tem seis barragens, a maior delas com capacidade para armazenar 160 milhões de metros cúbicos. Nesta, a Vale Fertilizantes está aumentando a altura da barragem e reforçando a estrutura.
A prefeitura diz que, diante dos alertas feitos pela própria empresa sobre os riscos do complexo, não concedeu a declaração de conformidade para as obras.
O documento é necessário para obtenção da licença ambiental e só foi solicitado no último dia 19 de abril, após o início das obras.
"Depois do que aconteceu em Mariana, não posso assinar o documento sem todas as garantias de que não há risco", diz o prefeito Lavater Pontes Júnior (PMDB), que acusa a empresa de impedir a entrada de técnicos da prefeitura.
Por meio de sua assessoria de imprensa, a Vale Fertilizantes disse que tem todas as licenças necessárias para as construções.
A Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Minas Gerais diz que a empresa tem licença para obras de reforço da crista da barragem e que, na próxima terça (17), fará uma fiscalização no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 
Copyright © 2015. Blog do Alisson Lima.
Design by Herdiansyah Hamzah. Published by Mais Template.
Creative Commons License